Home Costa Rica

Sexta-feira, 05 de Agosto de 2022 - 14:18:23hs

Costa Rica: Mais dois são presos por envolvimento em assassinato para vingar estupro.

Eles receberam voz de prisão e foram levados para a Delegacia de Polícia - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS...

Por Redação RegionalMS
Costa Rica: Mais dois são presos por envolvimento em assassinato para vingar estupro.

Mais dois rapazes, 32 e 21 anos, foram presos na tarde desta quinta-feira (24), por envolvimento no assassinato de Silvana Inácio Garcia, 46 anos, e na tentativa de homicídio de Elias Moreira dos Santos, 55 anos. O crime aconteceu dia 9 de maio deste ano, em Costa Rica, cidade a 326 quilômetros de Campo Grande. 

Os dois foram presos por equipe da PM (Polícia Militar). O mais velho foi encontrado na casa onde mora na Rua Ismeria Borges Nunes, Centro da cidade. Os policiais receberam a informação de onde ele estaria e que havia um mandado contra ele.

Já o rapaz de 21 anos, foi preso em na porta da casa onde mora na Rua Espirito Santo, também região central da cidade. Os policiais também sabiam do mandado de prisão em aberto e receberam informações de onde poderiam encontrar o suspeito.

Eles receberam voz de prisão e foram levados para a Delegacia de Polícia Civil da cidade, onde confirmaram o envolvimento nos crimes e tiveram a prisão preventiva decretada. Ambos devem passar por audiência de custódia no final desta tarde.

Ao Campo Grande News, o delegado Caique Ducatti disse que os dois rapazes foram os responsáveis por comprar as munições usadas tanto na tentativa quanto no homicídio consumado. 

“A Polícia Civil fez a investigação e concluiu que eles auxiliaram comprando as munições e representamos pela prisão preventiva dos dois. Como eles auxiliaram sabendo que os crimes seriam praticados eles respondem por homicídio e tentativa de homicídio, com a mesma pena daqueles que executaram”, disse Ducatti. 

Caso  - Silvana foi morta na madrugada do dia 9 de maio a tiros disparados por um adolescente de 16 anos,  na casa onde morava na Rua Rio Grande do Sul, Bairro Sonho Meu, em Costa Rica. Na ocasião, Elias também estava no local e foi atingido por dois disparos, ficando em estado grave. 

Conforme o boletim de ocorrências, o adolescente era ex-cunhado de Elias e pediu para usar o banheiro e então atirou no caso. Silvana foi atingida por três tiros sendo um na cabeça, um no peito e um na mão.

O crime teria sido motivado após uma menina, de 3 anos, contar para a mãe que Elias havia mexido com ela. O abuso acabou sendo confirmado por laudo pericial. Silvana sabia do crime e por isso também foi alvo do adolescente.

Até o dia 4 de julho dois menores, a mandante e dois homens haviam sido presos pelo crime que foi planejado pela ex-nora de Silvana. Ela confessou que planejou matar o casal após a filha contar que foi abusada por Elias. 

 

CGNEWS

Publicidade

AVISO: Neste site, utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao navegar por este portal você aceita os termos de utilização. Para maiores informações acesse nossa Politicas de Uso.

Recusar Aceitar